Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

Aparentemente Brasil

Com cerca de 200 anos republicanos flácidos, ditaduras nervosas, falsas democracias e um eterno colonialismo imanente a mentalidade geral (se povo: copista, se líder louvaminheiro de realidades alóctones) faz-se 516 anos de servilismo. O Brasil é um "paisinho" sem rumo e sem jeito para se tornar uma nação seria.
Vide a quantidade de funcionários públicos fazendo apenas o básico para garantia sinecuras, vide a capacitação perdulária dos governos, vide um país de analfabetos funcionais amarrados a um líder populista escroto, sarcástico e embusteiro.
Milhões de funcionários públicos; funcionários fantasmas, funcionários zumbis sugando o Estado que somos obrigados a financiar diuturnamente. Esse é seu retrato tricentenário, bem nos parece em nosso país piada só ter havido um único jurista (Rui Barbosa), um único ministro do STF (Joaquim Barbosa), Um presidente sério (Juscelino kubitschek), alguns escritores (que merecem nosso respeito), nenhum filósofo e somente um juiz Federal…

O Fim do Brasil / 2002

Podemos inferir que o fim do Brasil tenha sido a ascensão de um sindicalista suspeito, não muito diferente dos demais de sua estirpe.
De 2002 para cá as denúncias ficaram rotineiramente triviais na ordem dos dias.Abaixo uma síntese de nossa catástrofe política e econômica:Por Sérgio / Pátria amada Brasil Decisão do TSE determinou a retirada de comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do eterno presidente Lula, e feriu preceito constitucional da liberdade de imprensa. (Ricardo Ramos) Veja o que escreveu Arnaldo Jabor: "O que foi que nos aconteceu? No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, ‘explicáveis’ até demais. Quase toda a verdade já foi descoberta, quase todos os crimes provados, quase todas as mentiras percebidas. Tudo já aconteceu e quase nada acontece. Parte dos culpados estão catalogados, fichados, processados e condenados e quase nada rola. A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe, tais são as manobras de procrastinação, …